DATA: 31 de Março de 2010
Dawnfine
Compartilhe este Conteúdo

Dawnfine surgiu em meados dos anos 90 em Goiânia. O grupo é formado por três integrantes: Marcus Paulo, Jeovane Cazer (Aka Jim) e Jethro Mendonça. O som do Dawnfine é calcado na música eletrônica, com influências do synthpop de bandas dos anos 80 como Depeche Mode, Kraftwerk, New Order até o eletrônico atual de grupos como And One e De/Vision. O período de 1995 a 2000 pode ser considerado a primeira fase do Dawnfine. Dessa época, foi deixado um vasto material, em torno de 60 músicas, entre canções prontas e inacabadas, além de demos de violão/guitarra e teclado, produzidos com um CASIO CZ-1000, um microfone e dois gravadores de fita para a mixagem das músicas. No início de 2000, surgem os softwares de música, a internet se expande e o grupo encontra novas formas de produzir e mostrar suas músicas. Decidem divulgar seu trabalho na comunidade virtual de música eletrônica Fiberonline (do jornalista Enéas Neto), recebendo ótimas críticas do público, principalmente quanto ao arranjo e melodia das canções. No ano de 2004, o Dawnfine colabora com a Industrya (projeto do DJ e produtor Valter Sangregório) na faixa “Last Hour”. Em 2007, uma versão remix da música “Angel” (Alexey Rickmann mix) é reproduzida na BBC de Londres no programa “Introducing with Tom Robinson”, feito só com artistas sem gravadora e que promovem sua música na Internet. Em 2008, conhecem a fotógrafa goiana Giovanna Batista (fortemente influenciada pelo fotógrafo holandês Anton Corbjin), que se tornaria a responsável pelo aspecto visual do Dawnfine. No mesmo ano, conhecem João Ricardo, do selo paulista Híbrido Records. Esse “encontro” renderia ao grupo uma apresentação em maio de 2009 na casa de shows “Inferno Club”, em São Paulo, e o primeiro CD oficial do grupo lançado em outubro de 2009. “Imperfect Thoughts”, álbum de lançamento do Dawnfine, foi gravado e masterizado entre 2008 e 2009 no estúdio Rocklab, de Gustavo Vasquez, em Goiânia. O CD foi lançado pela Híbrido Records em parceria com a loja Soulshadow e Sensorial Discos (distribuição nacional) e Wave Records (distribuição internacional). Em “Imperfect thoughts”, Dawnfine apresenta vocais marcantes e uma musicalidade excepcional. Além do som synthpop/electropop característico, o primeiro álbum da banda traz, sobretudo, excelentes composições. O CD mescla momentos mais pop, como na vibrante “Sheltered” e “Get Used to It”, com atmosferas climáticas como em “The World We Live In” e misteriosas como em “Angel”, passando pela obscuridade de “This emptiness”. A faixa “Sheltered”, com um clima dançante e vigoroso, é o melhor exemplo da verve “pop” do grupo. Um single promocional em formato MP3 com “Sheltered” (Iris Dee Jay Remix e Original Remix) foi lançado em 2008 pelo selo virtual Future Shock Records. Esse single está disponível em sites como Itunes, Beatport e Nokia Music Store. “Sheltered” também estará na coletânea “40 Dance Hits of 2010” pelo mesmo selo Future Shock Records (com lançamento exclusivo pelo Itunes).

Integrantes:

Marcus Paulo – Vocal
Jim Oliver – Guitarra & Teclados
Jethro Mendonça -Teclados

Acessem:

www.myspace.com/dawnfine
www.facebook.com/dawnfineband.synthpopbrasil
www.youtube.com/user/dawnfineband

Leave a Reply

2010 - 2018 rUmOrS mAg © All rights reserved.