DATA: 12 de Fevereiro de 2015
Marrero
Compartilhe este Conteúdo

O Marrero é uma banda brava de SP. Uma banda com raiva. Com raiva do mundo como está, das coisas como estão, das pessoas como ficaram. A junção de três caras de trinta e poucos anos que cansaram de mergulhar no raso e resolveram se aventurar nas profundezas de sentimentos antigos. Que resolveram mexer no vespeiro interno através da música, exorcizando em canções e riffs o acúmulo de experiências de cada um com o mundo.
A banda nasceu como um quarteto, mas após a saída do baixista Guilherme Pinto (Voodoo Shyne), resolveram experimentar outra sonoridade e seguiram como um trio, onde a guitarra com efeitos faz imagens que suprem a figura do contrabaixo no som.
O Marrero toca e cria canções de rock como noutros tempos, simples, diretas, baseadas em riffs densos e temas pesados cantados em português.
Em outubro de 2013, no estúdio Family Mob, em São Paulo, juntamente com André Kabelo Sangiacomo, gravaram e mixaram 10 músicas inéditas em 3 dias, em um processo desafiador – utilizando a mesma plataforma que as bandas usavam nos anos 70, um gravador de rolo de 2 polegadas e uma mesa de som analógica. O disco, intitulado Marrero (sem data prevista de lançamento), foi masterizado por Fernando Sanches no estúdio el Rocha.
Sem maquiagem e sem as facilidades de edição do computador, registraram do jeito mais verdadeiro, ao vivo, 10 canções autorais, todas escritas em português e baseadas em riffs pantanosos, lentos e pesados, com grandes pitadas de psicodelia, onde a principal influência é a música pesada produzida nas décadas de 70 e 90.
Enquanto o disco oficial não sai, curtam o último single “AU”:

Integrantes:

Anderson Kratsch – Vocal
Estevan Sinkovitz – Guitarra
Felipe Maia – Bateria

Acessem:

www.facebook.com/marrerobanda
soundcloud.com/marrerobanda
www.youtube.com/user/marrerobanda
www.reverbnation.com/marrerobanda

Leave a Reply

2010 - 2018 rUmOrS mAg © All rights reserved.