DATA: 26 de agosto de 2017
ARTISTA: Escarnnia: “Humanity Isolated”
GRAVADORA: Classic Metal Records
PRODUTOR: Tiago Hóspede
Escarnnia: “Humanity Isolated”
Compartilhe este Conteúdo

Quem diria, nasceu em Palmas-TO uma banda pode botar fogo no Death Metal Nacional!!!

Aqui oque se ouve não é aquela porradaria sem sentido e direção como algumas bandas do estilo utilizam à exaustão, mas, sim um trabalho muito bem feito, com uma cozinha imponente e precisa, que sabe muito bem o equilíbrio entre partes mais rápidas e a cadência exigida em certos momentos, interessantes riffs que lembram muito o gigante ‘Death’ pela levada rítmica, vocais guturais muito bem encaixados ao estilo e um profissionalismo de dar inveja a muitas bandas já consagradas.

A banda foi formada em 2012, mas, só agora lançaram seu álbum de estréia e acho que essa espera valeu à pena, muitas bandas logo que iniciam acabam gravando seu material de qualquer forma, e o resultado acaba não condizendo com a capacidade da banda e as músicas que deveriam ter um trabalho melhor, acabam sofrendo por gravações precárias, material de divulgação com poucos recursos, oquê às vezes acaba apagando o brilho de uma estréia.

No caso do Escarnnia o processo foi totalmente o contrário, tiveram tempo para preparar um puta álbum de estréia, com uma produção de primeira a cargo de Tiago Hóspede (Guitarrista do Worst), um material gráfico sensacional criado pelo renomado João Duarte e fotos por Patrícia Vera, que souberam transmitir muito bem o sentimento da banda em imagens, e ainda conta com um adesivo de brinde (galera se liguem, isso é muito bom para fixar visualmente o nome de sua banda).

De cara você se impressiona pelo acabamento da arte, já que o CD vem envolto em uma capa slipcase com o nome da banda e do álbum em alto-relevo, dando ainda mais vontade de ver, ouvir e conhecer ainda mais a banda.

“Humanity Isolated” é um álbum para ser ouvido no volume máximo, é Death Metal Old School, mas, vez ou outra se nota um pouco da influência da nova geração de Prog Death, que mostra que a banda está antenada e que não é bitolada e pode acrescentar ainda mais elementos ao seu estilo.

Faixas como “Total Death”, “Condemned To Kill”, a minha preferida “Eternal Hatred” com suas mudanças de variações, a faixa título e “Suffering And Desolated” estão aí para mostrar toda a força do Death Metal de Tocantins para o mundo.

Na minha opinião as faixas mais lentas me chamaram mais à atenção pela peso e pela “quebradeira” em sí, é muito bom ouvir bandas que conseguem aliar esses itens ao invés de apenas se limitar àquele som estilo locomotiva, que você acaba não distinguindo as demais faixas, e acabam soando iguais entre sí.

O nível do Escarnnia está um passo à frente de muitas bandas estreantes, e espero que os próximos trabalhos continuem desse nível pra cima.

Bom… Agora vou ouvir mais um pouco do “Humanity Isolated” no talo, em repeat infinito e banguear até o pescoço não aguentar mais!!!

Integrantes:

Ismael Santana – Vocal / Guitarra
Valber Sousa – Guitarra
Natanael dos Santos – Baixo
Samuel dos Santos – Bateria

Acessem:

https://www.facebook.com/Escarnnia/

Leave a Reply

2010 - 2017 rUmOrS mAg © All rights reserved.